meandros

sábado, março 04, 2006

haicais do Pitu

Atendendo a milhares de pedidos, mais versos pitunianos.


em meio ao vento
nas águas trêmulas
desfaz-se a lua

ø

as nuvens andando
no silêncio das montanhas
o mar ressoa

ø

o pássaro pousa
no pinhero despenado
o pio do pardal

ø

pingos roxos
em meio às águas verdes
pétalas de ipê