meandros

sábado, abril 15, 2006

sábado de aleluia


"Deus está morto." Nietzsche.

O sábado santo apresenta justamente a morte divina, a frustração da humanidade por uma idéia que não deu certo. Por isso é dia de silêncio e também de espera, afinal todo mundo já sabe o final da história e que as coisas não são bem assim...

Mas fico com uma dúvida teológica. A natureza de Jesus é dupla: verdadeiro Deus e verdadeiro Homem. Divindande e humanidade em sua pessoa são indissociáveis. Até aí, tudo bem.

Agora, se Jesus assumiu toda a condição humana (com excessão do pecado), assumiu também a morte e, portanto, morreu de verdade. Seu lado humano morreu e, como é indissociável, seu lado divino também morreu!

Isto significa que por 3 dias, entre a morte de cruz e a ressureição, a Santíssima Trindade foi uma Santíssima Díade? Quem souber responder comente por favor.

Em tempo, depois de encontrado o evangelho apócrifo e agnóstico de Judas, alguém ainda vi querer malhá-lo? Aliás, ele morreu mesmo enforcado? Dê uma olhada em At 1, 18.

E, para não perder a piada:

"Nietzsche está morto." Deus.

1 Comments:

  • opa! fiquei interessado sobre a questão do apócrifo de Judas; fale mais sobre isso!

    axo q vou postar logo logo um que aprendi antes de ontem sobre a relação entre Pedro e Judas; dpois cversamos a respeito, tb!

    abração, e feliz Páscoa,

    By Anonymous catatau, at 6:34 PM  

Postar um comentário

<< Home