meandros

segunda-feira, agosto 21, 2006

definição

Um poeminha muito vagabundo, que não quer saber de trabalhar.

postergar é assombrar-se no escuro
com os fantasmas que trazem o futuro

poltergeist, o fenômeno bizarro
de matar o tempo, cada vez mais raro

encontrar uma palavra amiga
pra continuar empurrando com a barriga

4 Comments:

  • belo poema! bom senso de humor, kakekotoba e dose cavalar de realidade...

    By Anonymous catatau, at 6:52 PM  

  • Adorei o teu poeminha vagabundo!!!!!

    Como diria Alváro Campos:

    "(...)Amanhã te direi as palavras, ou depois de amanhã...
    Sim, talvez só depois de amanhã...

    O porvir...
    Sim, o porvir..."

    Estes versos tem os sugestivo nome de "Adiamento"... rs

    beijos

    By Anonymous _Maga, at 3:41 AM  

  • Pitú,

    Nem sabia/lembrava do kakekotoba. Olha só, fiz os trocadilhos na brincadeiras e tem até nome! hehehe

    Marcela,

    não conhecia este poema. Muito bom! Qualquer hora vou postá-lo.

    Mas só depois de amanhã... heheheh

    Abraços!

    By Blogger Leandro, at 4:22 PM  

  • Bonjour, oleandros.blogspot.com!
    [url=http://cialisespana.fora.pl/ ]vendo cialis en espana[/url] [url=http://cialises.fora.pl/ ]comprar cialis online[/url] [url=http://cialismedica.fora.pl/ ]vendo cialis en espana[/url] [url=http://cialissinreceta.fora.pl/ ]comprar cialis online[/url] [url=http://farmaciacialis.fora.pl/ ] cialis online[/url] [url=http://cialisfarmacia.fora.pl/ ] cialis [/url]

    By Anonymous Anônimo, at 7:13 PM  

Postar um comentário

<< Home