meandros

segunda-feira, outubro 23, 2006

14-bis


Uma singela homenagens a uma das pessoas mais criativas de nossa história.

100 anos atrás durante 21 segundos o primeiro avião mantinha-se no ar por propulsão própria. Aproximadamente 26 anos depois o autor deste avião comete suicídio envergonhado de seu invento.

Se hoje não há vergonha com aviões, falta orgulho suficiente perante tão importante brasileiro.