meandros

domingo, dezembro 03, 2006

a pipoca do Valdir


Toda cidade tem algumas figuras que se destacam e se tornam verdadeiros ícones urbanos. Em Curitiba não é diferente.

Temos o Oil Man, o herói que dispensa apresentações. Temos a voz que grita na rua XV, "...borboleta 13! É o 13! Corre hoje..". Temos os acordes do neo-old-hipponga Plá.

Uma figura que tem se tornado cada vez mais famosa (e merece tornar-se um ícone) é o Valdir. Ex-bóia fria e ex-funcionário de estacionamento, hoje o Valdir tem feito história vendendo pipoca. A mídia e a população de Curitiba tem cada vez mais voltado seus olhares e seus paladares para a Pipoca do Valdir.

Dizer que a pipoca do Valdir é boa é não fazer juz à dimensão do seu empreendimento. O carrinho de pipoca (ou a "Nave do Valdir", como ele gosta de chamar) é na estética e na higiene impecável. Assim como impecável é seu uniforme branco, trocado todos dias (a prova está no dia da semana escrito no bolso). A pipoca está sempre quentinha (o Valdir afirma que é proibido pegar pipoca fria) e vem em uma embalagem bem mais prática. Ganha-se ainda o "Kit Higine" composto por um guardanapo, um palito de dente e uma bala de hortã. Por apenas R$ 1,50. Ah, e a pipoca é muito boa!

Boa parte deste sucesso é devido à orientação de maketing conduzida por um de seus clientes, o Ricardo Coelho. Este sucesso, além de ser destaque na imprensa, levou o pipoqueiro a ministrar diversas palestras em faculdades e instuições importantes pelo Brasil. Esta semana para quem passou por sua nave o Valdir mostrava, ainda, o reconhecimento que recebeu espontaneamente da Câmara dos Veradores de Curitba.

O site do Valdir pode ser conferido aqui. Uma entrevista para a CBN, aqui. Uma entrevista para o SBT Brasil da Ana Paula Padrão, aqui. Agora, a pipoca do Valdir só pode ser conferida lá na praça Tiradentes.


1 Comments:

  • essa foi boa, hehehhe

    agora terei q conhecer esse novo empreendimento. e a figura tmbém!

    By Anonymous catatau, at 12:08 PM  

Postar um comentário

<< Home